terça-feira, 5 de outubro de 2010

Ele te prova e te abençoa mediante a sua obediência

"Até o deserto com Deus se torna florido"

Deus tem prazer em te abençoar

O maior desejo de um Pai é poder abençoar seu filho, cuidando bem dele. Tanto é que o título pai e mãe são eternos. Os filhos crescem, muitos saem de casa para ir para uma faculdade, depois se casam e nós continuamos sendo pais. Preocupamos-nos da mesma maneira com eles, passamos noites em claro, sorrimos e choramos juntos. Muitas coisas podem acontecer, jamais deixaremos de ser pais.

Deus é o nosso Pai. Da mesma maneira que desejamos cuidar bem dos nossos filhos, assim nosso Pai celestial cuida de nós e se deleita em nos abençoar. Deus deseja que sejamos prósperos em todas as áreas de nossas vidas. E prosperidade de Deus significa não termos falta de nada. (Jo15: 11).

Quando estudamos a palavra do Senhor e nos dedicamos à comunhão com Ele, passamos então a conhecer um Pai que tem ciúme de nós. Sim, é isto mesmo, o Senhor tem ciúme de você. Deus Pai deseja que você O ame acima de todas as coisas na sua vida. Deseja que você se entregue a Ele sem reservas e que confie que Ele suprirá todas as tuas necessidades, tanto emocionais, espirituais e físicas (Mt: 6).

Existiu um homem que era amigo e servo de Deus, chamado Abraão. Ele havia conquistado a Deus pela sua obediência. Deus falava e lá estava Abraão sempre pronto para obedecer, sem questionar. Deus havia dito a Abraão que ele saísse da sua terra e de perto de seus parentes e fosse para outra terra, que Deus ainda havia de lhe mostrar. Então Abraão obedeceu a ordem do Senhor, porém levou consigo seu primo chamado Ló.

Como nós gostamos de obedecer às ordens de Deus pela metade.

As bênçãos serão completas mediante a obediência completa daquilo que Deus nos ordena. E foi assim que Abraão precisou fazer durante sua viagem ao destino que Deus havia lhe proposto.

Todos conhecem a história que Ló escolheu a campinas verdes para ficar e Abraão partiu para o deserto.

O deserto com Deus floresce. E até a campinas que são verdinhas sem Deus perecem. Ló escolheu o que era de acordo com a sua visão humana e Abraão pela fé acreditou que Deus lhe faria prosperar no até deserto. Nós andamos por fé e não vista. Creia pela fé que Deus fará abundantemente mais na sua, mesmo que seus olhos ainda não consigam desfrutar desta beleza toda!

No livro de Geneses cap.17 Deus aparece a Abraão e lhe faz maravilhosas promessas. Anda na minha presença Abraão e se perfeito, te darei um filho, seu nome será Isaque. A minha Aliança contigo é eterna Abraão.

Em Gêneses 21 Deus visita Sara e ela engravida. Nasce Isaque, o filho da promessa. Imagine a alegria de uma mulher que era estéril e que agora pode sorrir. Era desprezada pela sociedade e agora pode levantar sua cabeça e dizer: O Senhor me se lembrou de mim.

Quantas são as vezes que o Senhor nos abençoa com algo e nós em seguida já nos esquecemos dEle?
Tudo o que o Senhor acrescentar em nossas vidas serve para somar em nossa comunhão com Deus e não para que venhamos a colocar acima de dele, como prioridade. Algo se torne mais importante do que o próprio Deus.

Imagine Abraão na idade de cem anos e Sara 90 com um neném em casa. Eram avós cuidando dos netos. Isaque era muito amado por seus pais. Passou a ser a razão de suas vidas. Trouxe-lhes muita alegria, como seu próprio nome diz: Sorriso!

Até o dia que Deus diz a Abraão: Vá até o monte Moriá, e ali oferece o teu filho Isaque a quem tu amas. (Gn 22: 2).

Abraão sem questionar, levantou-se cedo pela manhã, tomou seu filho e saiu com dois servos e seu jumento. Três dias na estrada, tempo suficiente para Abraão pensar em desistir de obedecer à ordem de Deus. No entanto ele perseverou. Seu ideal era obedecer à voz do Senhor.

Subiu o monte Abraão e Isaque dizendo: Fiquem aqui. Iremos adorar ao Senhor e voltaremos.

O Senhor não deseja o seu Isaque. Ele apenas deseja ser o primeiro na sua vida.

Preparado as lenhas para o holocausto, o altar do sacrifício estava pronto.
Isaque pergunta a seu pai: - Cadê o cordeiro para o sacrifício? E Abraão responde: - Deus proverá o Cordeiro.

Abraão coloca Isaque sobre o altar, amarra-o e pega seu cutelo para fazer o sacrifício do cordeiro mais precioso que Abraão podia oferecer. E na hora exata do sacrifício uma voz brada dos céus dizendo: Abraão! Abraão!

Este homem foi testado até o limite.

O Senhor conhece o seu limite. Creia, Ele sabe a hora de parar o processo na sua vida!

Deus queria provar o amor de Abraão por Ele.
Até onde iria um homem que seria pai de muitas nações?

Abraão agora eu sei que tu me amas, disse Deus. Não me negaste seu Único filho.

Querido leitor, o que tem sido teu Isaque?
Coloque hoje diante de Deus e ofereça-lhe em oferta.

Depois da prova de Abraão, veio o cumprimento de todas as suas promessas.
Você quer ver Deus agindo na tua vida? Cumprindo tudo aquilo que ele tem falado? Não lhe negue o que Ele te pede.

Lembre-se das palavras de Abraão: Nós iremos e voltaremos. O Senhor não quer o teu Isaque. Ele só quer o teu coração. Deus quer ser a primazia na tua vida. A pessoa mais importante para você. Sua razão de vida e fonte de alegria.

Paz queridos, obrigada pela sua passagem neste blog.

Pra. Thaís Itaborahy
pra.thaisitaborahy@gmail.com
Postar um comentário

Pages

Followers