segunda-feira, 7 de março de 2011

Como desenvolver uma intima comunhão com o Senhor?



Eu tenho encontrado muitas pessoas procurando como desenvolver uma comunhão com o Pai, buscando experiência reais e pessoais que mudaria para sempre a sua vida.



Um coração apaixonado por Jesus...

Não existe formula mágica para um relacionamento com Deus. Intimidade que não se baseia em amor e obediência para com o Pai não é intimidade.

As palavras a seguir, são simples e que poderiam mudar sua vida de relacionamento com o Pai se você colocá-las em prática.

1. Você precisa entender que é a vontade de Deus se revelar para você, relacionando-se contigo. Deus se revela para todos os que o amam. A  palavra revelar aqui tem o sentido de se tornar real, uma pessoa que você realmente conhece. Jo14:16

2. Deus nos deu o Espírito do seu filho que clama Abba Pai. Se você é um filho de Deus e deseja se relacionar com o seu Pai, é porque existe dentro de você um espirito que precisa estar com comunhão com o Pai para que esteja completo.

Muitas são as pessoas que conhecem à Deus como sendo um ser Altíssimo, elevado, assentado no trono de glória, aclamado por anjos, o que de fato Ele é, com uma única diferença, Ele nos ama e nos deseja bem pertinho dEle. Foi para isso que Jesus se entregou na cruz, para que outra vez, pudéssemos estar junto com o Pai, não apenas como criaturas como foi Adão, mais agora como filhos amados, adotados na família de Deus.

3. Agora que você sabe que o Pai te ama e deseja se relacionar com você como um filho, é necessário que você faça a tua parte. Qual é a tua parte nisto? Você precisa buscá-lo. Como assim? Não existe relacionamento sem oração e comunhão diária. Veja bem: Vamos dizer que hoje você conheça uma pessoa e propõe no seu coração se tornar seu melhor amigo, quais seriam os primeiros passos que você daria?

a) Conversariam todos os dias;
b) Estariam sempre junto, assim que pudessem;
c) Ninguém poderia se colocar entre vocês;

Com Deus é a mesma coisa. Deus disse: Achegai-vos a mim e eu me achegarei a vós. Você dá o primeiro passo e depois Deus faz. Reconhecer a sua necessidade de ter Deus pertinho de você é um grande passo neste processo.

Sem conversar com o Pai é impossível se relacionar com Ele. A parte mais importante do relacionamento é o tempo que vocês passam juntos, aqui eu não falo de petições e repetições e sim de comunhão e adoração. Existe uma diferença entre você pedir coisas para Deus e você adorá-lo e amá-lo nos momentos  à sós com o Senhor. Esqueça um pouco de pedir e focalize sua atenção em buscar conhecê-lo. Conhecer seu coração e suas vontades. Lembre-se de Moisés quando Ele disse: Mostra-me a tua glória! Busque as coisas espirituais, busque conhecer Jesus de verdade, lembre-se que Jesus está vivo e que Deus fala com os homens...

Muitos homens na bíblia escutarão a voz audível do Senhor. Samuel ouviu, Noé, Enoque, Abraão, Maria Madalena foi a primeira pessoa que viu Jesus depois da sua ressurreição, Paulo, e muitos outros...Jesus não mudou, Ele é o mesmo, ontem, hoje e será eternamente, quem sabe você não será o próximo a ter um encontro marcante com Deus?

O Pai, o Filho e o Espirito Santo são as pessoas essenciais no relacionamento de amizade e eles se completam em si: Veja: O Pai é desejoso de se relacionar conosco, Jesus é quem nos possibilita a chegar ao pelo seu sangue que nos purifica do pecado e o Espirito Santo é aquele que nos leva até Ele. É Ele quem nos guia pelo caminho e nos capacita a orar e uma forma que agrada a Deus e até ora por nos quando não conseguimos orar. O Espirito Santo é uma pessoa que foi enviada por Jesus (alguém como Ele) que estaria conosco, nos lembrando de tudo o que Jesus nos falou. É Ele também que conhece o coração e mente do Senhor, nos capacitando assim a orar de acordo com a vontade do Pai.

Todas as vezes que eu oro, sempre peço ao Espirito Santo a sua ajuda, para que guie a minha oração, e depois de um tempo na sua presença em silêncio de palavras, apenas com uma musica de fundo, quando palavras de amor começam a sair da minha boca que eu talvez jamais conseguisse expressar sem a ajuda dEle. A sua presença enche a  minha vida  e lágrimas começam a rolar dos meus olhos pela sua doçura, e um estado de paz interior difícil de ser descrito com palavras toma conta de mim. Ali, meus problemas acabam e minha alma é saciada por Ele.

Eu não poderia deixar de falar que todo relacionamento cresce mediante a obediência e o tempo. Através da obediência nós adquirimos a confiança em Deus e o tempo nos dá constância de permanecermos em sua presença. A busca pela presença e relacionamento deve ser uma constante, eu quero dizer, busque sempre. Nunca desista de conhecer a Deus.

Quanto mais tempo você passar na presença dEle, mais tempo desejará passar.

Todas as pessoas que desejam desenvolver um relacionamento com o Pai são mais cobradas. Quanto mais é dado, mais é cobrado. Você verá Deus falando claramente com você coisas que deves e outras que não deves fazer. Obedecer é essencial...

A palavra intimidade já fala, intimo. Deve ser entre duas pessoas. Você e o Deus trino. Nunca coloque ninguém entre vocês.

Porque eu estou dividindo isso com vocês? Porque um dia eu li em um livro que Deus desejava se relacionar com seus filhos e eu não perdi tempo, eu era filha e também queria desfrutar de tudo o que Deus tinha para mim,  me dispus a buscar esse relacionamento e conheci a Deus de uma forma especial e real e o meu desejo é  que muitos de seus filhos que também anseiam em conhecê-lo se sintam inspirados a buscarem até encontrá-lo.

Entre nessa jornada e que o próprio Espírito te guie em tudo. Descubra as maravilhas da presença do Senhor e você verá que o mundo não terá mais prazer para você. A vida Cristã não é tão difícil de ser vivida quando experimentamos a essência dela. Intimidade com o Pai.


Você deseja fazer uma grande obra para Deus? Primeiramente a obra precisa ser feita em você. Conheça a Deus. Se relacione com Ele...

O teu viver será para Cristo e Ele será o teu prazer.

Pra. Thaís Itaborahy
Postar um comentário

Pages

Followers