sábado, 23 de abril de 2011

A morte do Cordeiro

   Os hebreus estavam sobre o cativeiros egipício com escravos por 400 anos e Deus levanta Moíses como líder sobre eles para libertá-los da escravidão e o envia à faráo por diversas vezes dizendo: Deixa o meu povo ir. Faráo não deu ouvido a voz do Senhor, o que levou o Senhor à enviar para terra do Egito diversas pragas. Nenhum delas tocou o coração de faráo pois Deus mesmo havia endurecido. ( talvez para testar o coração de Moíses e criar no lider escolhido perseverança). A última praga foi a dos primogenitos, onde todos os nascidos primeiro de todos o Egitos seriam mortos na mesma noite, para que Farao conhecesse o poder de Deus.
   Sendo assim, Deus ordena ao povo hebreus que escolham para si um cordeiro sem máculas e com o sangue do cordeiro passassem sobre as portas de suas casas e quando o anjo da morte viesse, não entraria nesta casa que tivesse o sangue. Eles deveriam comer o cordeiro em família e se fosse grande demais que se ajuntassem com seus vizinhos e comessem juntos. Essa seria a páscoa do Senhor.
   A morte dos primogênitos foi a ultima praga, porque depois que passou o anjo da morte  matando todos os primogenitos do Egito, Faráo libertou os hebreus da escridão. 

Amados leitores do blog, da mesma maneira que Deus ordenou que os hebreus comessem um cordeiro sem máculas. Antes da fundação do mundo, Deus já havia preparado um cordeiro que seria imolado por nossas transgressões e levaria sobre Ele todo o nosso pecado. (I Ped 1:19)

Jesus é o cordeiro que tira o pecado do mundo através da regeneração mediante o Seu sangue que foi derramado por mim e por você.

O nosso cordeiro não ficou morto, mais ressussitou no domingo, no terceiro dia depois da Sua morte e foi visto por mais de 500 pessoas, falou com os seus discípulos e até comeu com eles na praia. Hoje Ele está vivo, está assentado a direita de Deus Pai e intercede por todos nós. Essa é a nossa Páscoa, a celebração da sua morte e ressurreição que nos ortoga libertação e vida.

Jesus disse que nós deveríamos comer da sua carne e beber do seu sangue, porque Ele é a verdadeira comida e assim anunciaríamos a sua morte até que Ele venha. I Co 11: 24

Junto com a morte de Jesus e sua ressurreição, junto com a sua carne o seu sangue, você e Eu que um dia estávamos debaixo da escravidão deste mundo, fomos libertos e recebemos uma nova vida. Fomos livres pelo precioso sangue do Cordeiro que tira o pecado do mundo. Além de sermos livres da força do pecado, recebemos o mesmo Espirito que ressucitou a Cristo dentre os mortos. O poder da ressurreição está dentro de você. Creia no Espirito Santo que trouxe Cristo devolta à vida para trazer dentro de você os seus sonhos e objetivos para glorificar o nome de Jesus. Amém

Uma feliz celebração para todos vocês e que os privilégios do sangue e da carne de Jesus possa estar sobre a tua vida e também a sua família. Em nome de Jesus, 

Pra. Thaís Itaborahy
Postar um comentário

Pages

Followers