segunda-feira, 10 de janeiro de 2011

Intimidade - O desejo do coração do Pai -

Quando eu começo a ler o livro de Gêneses, que fala sobre a criação de Deus, eu me encanto. Meus coração se enche de amor e meus olhos de lágrimas.

Vejo um Deus todo orgulhoso daquilo que tinha criado com tanto amor. Nos minimos detalhes, eLe fez tudo perfeito. (Gen 2)


Adão e Eva tiveram um privilégio dado a poucos.
Conhecerem Deus na sua essência.

Vou enfatizar a criação do homem e do Éden. Do pó da terra Deus cria o homem e sopra-lhe o folego de vida. Tornou-se o homem alma vivente. ( Alguém que podia muito bem se comunicar com Deus e seus sentimentos eram reais).

Deus cria um lindo jardim, chamado Éden, e coloca o homem lá. Planta arvores bonitas... Aqui na Florida existem muitos jardim bonitos, com concerteza, nenhum se compara com o Éden.

Deus cria a mulher, porque sabia que mesmo o homem tendo "tudo" ainda lhe faltava algo?!

E todas as tardes, Deus visitava o homem no jardim...Um dia Deus chega e o homem se esconde de Deus, ficou com medo porque estava nú...

Nesta história eu vejo um Deus apaixonado pela sua criação. Um Deus que se revelou à Adão da forma mais intima que um homem já o tenha visto. Imagino todas as tardes eles tendo a sua comunhão juntos. Quem sabe não passeavam pelo jardim e corriam juntos....

"Eu sempre quiz pular no colo do Pai e receber todo o amor que Ele tinha ..."

Hoje a igreja tem vivido momentos difíceis, momentos que a religiosidade se tornou tão forte que esquecemos que a coisa que Deus mais anseia é ter comunhão conosco.. Queremos muitas vezes fazer muita coisa para Deus e o que Ele mais quer, somos nós.

Deus Pai não é um velhinho de barbas, sentado no trono e mal humorado. Ele ama, tanto amo que deu Jesus por nós. Não foi fácil, imagina dar você, o seu  filho? Deus sofreu bastante...

Sempre me pego pensando nisso, e digo, meus filhos não.....

Ele deu seu filho, por amor a nós. Vamos dar a nossa vida por amor à Ele. Entrar nesta relação de comunhão com o Pai e nós esquecermos da nossa religiosidade que nos separa do Senhor.

Que Deus possa nos dar um puro coração, um coração de criança, inocente, que possamos pular no seu colo e escostar a cabeça no seu ombro, sabemos que somos filhos e que ele nos ama muito.

Deus jamais rejeitaria um filho seu, que com um coração quebrantado e contrito, chega em sua presença, clamando por Ele.

Igreja de Jesus, vamos começar a viver a essencia do evangelho. Uma comunhão restaurada pelo amor e pela graça do nosso Senhor Jesus.

Um grande abraço em todos,

Que o amor do Pai, a graça de Jesus e as consolações do Espirito Santo possam estar sobre a igreja de Jesus na face da terra amém.

Conheça também :
http://meudevocionaldiario.blogspot.com
Postar um comentário

Pages

Followers