domingo, 22 de janeiro de 2012

Como agradar a Deus servindo ao seu próximo?


Certa vez uma homem indo de Jerusalém para Jericó foi pego por assaltantes, roubado e deixado quase morto, jogado a beira do caminho sem ninguém para ajudá-lo naquele momento. Foi quando passou por lá um sacerdote. Porém este sacerdote nem quiz saber o estava acontecendo. Passou em olhar para os lados. Passou também por ali um Levita. O levita trabalhava no templo certamente servindo ao Senhor. Não quiz saber do pobre homem a beira do caminho. Foi quando passou por ali um samaritano. Sabemos que Judeus e Samaritanos não eram os melhores vizinhos. Estes dois povos não combinavam de jeito nenhum e nem taopouco se falavam. Mas este samaritano foi diferente. Ele parou sem pedir documentos de identificação,  cuidou dos ferimentos do pobre homem ferido no chão, levou-o para uma hospedaria, pagou suas dispensas sem saber se receberia seu dinheiro devolta, e prossegiu sua viagem comprometendo-se em pagar os gastos extras que o hospedeiro tivesse com a vítima. Esta passagem você encontra em Lucas no capítulo 10. 

Existem pessoas que pensam ser difícil servir a Deus e poder agradá-lo. Quero te dizer que isso não é verdade leitor. Podemos servir ao Senhor e agradá-lo quando abrimos mão do nosso conforto para abençoar outras vidas que necessitam de um pouquinho de nós. É triste pensar que somos uma família e na hora que precisamos dos irmãos não existem ninguém por nós. Esquecemos de que a fé sem obras é morta. Do que adianta dizer que amamos nossos irmãos, se quando chega o momento de você poder abençoá-lo com um dom que você tenha, isto é muito para você? 

Não é de estranhar que a pessoa que ajudou o pobre moço foi um samaritano. Ainda existem pessoas misericordiosas de um bom coração. Pessoas que não estão preocupadas apenas com a aparência física,
com a identidade de alguém, é se famoso ou não. Preocupam sim em fazer a vontade do Pai e de agradá-lo. 

Jesus disse que devemos amar o nosso próximo. Quem é o teu próximo? Fomos ensinados desde sempre que o nosso próximo são aqueles que estão ao nosso redor, não é? Na parabola escrita acima, Jesus disse que o seu  próximo é aquele que está precisando da sua ajuda neste exato momento. 

Não sei como você vive a sua vida Cristã querido leitor. Sei que muitos passam anos querendo subir em um púpito para pregar a palavra do Senhor, o que é lindo. Porém, a vida Cristã verdadeira não é apenas isto. Devemos sair das quatro paredes da igreja e expressar o amor de Jesus por onde vamos. Porque deixar para os outros fazerem, se você e eu é que temos o verdadeiro amor "Jesus"dentro de nós? Será que temos mesmo?

O sacerdote estava ocupado demais. Certamente tinha algo para fazer. Vamos deixar de lado as desculpas. Mãos a obra. Devemos trabalhar enquanto é dia, disse Jesus. Vai chegar o dia em que todos estaremos diante do Senhor para prestar contas não da nossa fé e sim das nossas obras. 

O levita passou sem nem olhar. Lembre-se que Jesus disse que os verdadeiros adoradores, adorarão em espirito e em verdade, certo? Não seria apenas no templo que deveríamos mostrar a nossa habilidade de servir a Deus e sim com as nossas obras, todos os dias. 

O samaritano, mesmo não sendo Judeu, alcançou de Jesus honra, foi mencionado pelo Mestre em uma parabola, para explicar as pessoas o que verdadeiramente significa servir a Deus. Na verdade irmãos, só Deus conhece o coração do homem. 

Eu tenho certeza de que a medida que você colocar o seu coração em Jesus, Ele colocará pessoas assim como este homem da parabola, pessoa machucadas, para que você possa cuidar, tratar, ouvir, erguer, levantar, hospedar… Preste atenção nos mínimos detalhes. Não tenha tanta pressa como teve o sacerdote e nem seja um fariseu como o levita, mas carregue dentro de você o amor ao próximo, porque assim Jesus será glorificado na sua vida.

Quantas pessoas precisam dos seus ouvidos e você não percebe? E aqueles que precisam de um abraço? De uma palavra de ânimo? Lembre-se dos orfãos, que não tem pais, dos famintos, que não tem comida. Lembre-se dos presos, dos idosos, irmãos, o campo é grande, basta abrir os nossos olhos e sairmos do nosso conforto. 

Bjim no coração de todos, saudades de vocês. Não esqueçam da minha família nas suas orações. 

Pra. Thaís Itaborahy
http://palavradevidaaocoracao.blogspot.com
Postar um comentário

Pages

Followers