terça-feira, 6 de março de 2012

Como ser pais segundo o coração de Deus


Filhos são uma dádiva de Deus entregue aos pais, 
eles são herança de Deus, 
segundo a Bíblia Sagrada nos afirma
 no livro de Salmo 127:3a. 
Ao nascer, o primeiro contato de afeto e de amor entregue ao filho, provén diretamente dos braços e do calor do peito de sua mamãe. O batidas do coração dela produzem segurança ao recém nascido, capacitando-o a aceitar um mundo que até então era-lhes entranho. Estudos comprovam que o feto consegue escutar apartir do 7 mês de vida intra-ulterino, reconhecendo assim as vozes mais familiares, como por exemplo, a de seus pais. O amor, incentivo e sabedoria dos pais devem acompanhar o desenvolvimento da criança por toda sua vida, porque na verdade, filhos são para sempre. 

     
* A importância das suas palavras na vida de seus filhos *
      Mamãe e papai, vocês foram chamados por Deus para cumprir um papel importantíssimo na vida de seus filhos. Vocês são referencia para eles na maneira de agirem e falarem. Suas atitudes, palavras, caracter, maneira de pensar, capacidade de perdoar, o amor revelado ao próximo e principalmene o amor à Deus, enfim... Tudo o que vocês fazem, serve como um espelho para que seus filhos os sigam num futuro próximo.  O sucesso de seus filhos no mundo, onde estão presentes tentaçãoes e obstáculos, depende deles estarem ou não preparados para enfrentar tais obstáculos. 
Neste artigo vamos falar sobre o poder das palavras na vida de seus filhos. Como exemplo usaremos a Pessoa do nosso Pai Celeste, que excede no amor e é referência segura à todos os pais, bem como Jesus, Seu Filho, que ultrapassa a todos nós, em modelo de obediência, submissão e tolerância.
     Aos trinta anos de idade, quando chegou a hora de Jesus revelar sua verdadeira identidade, “O Cristo Salvador”,  Ele foi até João Batista para ser batizado nas águas. Assim que Jesus foi batizado, saindo das águas, os ceús se abriram sobre Ele. O Espírito Santo, em forma corpórea de pomba, desceu sobre Ele e uma voz do céu exclamou: “Este é o meu filho amado, em quem minha alma se compraz”. (Mt 3:16,17). Deus Pai sabia que Jesus estava se preparando para enfrentar os piores obstaculos de sua vida, onde Ele seria rejeitado, traído, abandonado, humilhado, perseguido, machucado e morto por amor a humanidade, fazendo tudo isso por amor e obediência à Ele (Deus Pai).  As palavras do Pai para Jesus, afirmando sua identidade de filho amado, foram únicas no cumprimento do seu chamado. Ainda que Jesus soubesse de toda esta realidade, por ser Ele mesmo Deus (Deidade), ainda assim, como homem, elas fizeram diferença em sua vida. 
Como você tem se referido aos seus filhos?
      Sabemos que as palavras sábias produzem vida; consequentemente palavras malditas não produzirão absolutamente nada de bom e edificante na vida dos filhos, a não ser: “destruição e morte”. 
Muitas coisas colaboram para um crescimento saudável e estável de uma criança. Entre elas podemos destacar: a seguraça que a criança encontra na sua casa; o amor e a paz do lar; o incentivo que seus pais lhe proporcionam; o exemplo obtido pelas suas atitudes; enfim... 
É triste pensar que muitos pais tem “matado” seus filhos através de suas palavras. Ao invés de incentivá-los naquilo que são suas melhores qualidades, pontos positivos... alguns pais, ao contrário, usam suas fraquezas, defeitos e imperfeições, chegando a acusa-los concientes e inconcientemente, sem tomarem o menor cuidado, com as possiveis consequencias que este tipo de comportamento, tão danoso, poderá causar na vida presente e futura dos seus filhos. 
E importante ressaltarmos, que diariamente nossos filhos recebem uma dose massiça de ataques em suas mentes, provenientes da fúria de Satanás contra suas vidas. Somado ao tipo de comportamento, o qual citamos no paragrafo anterior... será que conseguimos dimensionar o grau de destruição, o qual estes tipos de ataques, podem gerar na vida de tais crianças? Ou iremos achar que isso não acontece, e que é apenas sugestionamento de ideias e suposições?
        Papai e mamãe, ninguém nasce sabendo como ser e agir. Todos os dias aprendemos um pouco sobre esta tarefa tão difícil e especial. Na maior parte das vezes, aprendemos com os nossos próprios erros; não que seja esta a melhor maneira de crescermos em uma boa qualidade e orientação de vida, todavia, passaremos as vezes por este processo. É importante você aprender com seus fracassos e erros. Se Deus nos chamou para esta tarefa tão importante, Ele irá nos capacitar a fazer e a dar o melhor que há em nós, para cada um de nossos  filhos. 
Lembre-se: Independente da maneira como você foi criado, tenha sempre a disposição de caminhar um quilomentro a mais com seus filhos. Isto é sinonimo de tolerância e sabedoria. O futuro deles, depende da maneira como vocês agirão e reagirão hoje. Elogiem-os sempre que puderem. Incentivem-os a vencerem as barreiras e os pequenos obstáculos que a vida lhe proporciona.  Reafirmem o Seu amor, sempre que puderem e não neguem seu abraço, carinho, afeto e colo. 
Filhos são para sempre, não importanta onde estejam e como são. Não espere eles serem perfeitos para você dizer que os ama. Ame-os nas suas impefeições e o seu amor os tornará “perfeitos”. 

Poderá também gostar: 


Pra Thaís Itaborahy e  Pr. Eduardo Itaborahy
      
Postar um comentário

Pages

Followers